Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

SARS-CoV-2 incorpora o CNS através das rotas múltiplas e causa várias desordens neurológicas

A pandemia COVID-19 conduziu sobre a milhão mortes através do globo. O agente causal desta doença é o coronavirus novo, SARS-CoV-2, que é uns 29.903 pares baixos, o positivo-sentido, vírus único-encalhado do RNA da família de Coronaviridae.  

A entrada de SARS-CoV-2 no CNS através dos neurônios sensoriais olfactivos.

Crédito de imagem: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0024320520313217?via%3Dihub

As 4 proteínas estruturais principais de SARS-CoV-2 incluem as proteínas do ponto (s), proteínas do nucleocapsid (N), proteínas da membrana (M), e proteínas de envelope (e). Quando a proteína de S facilitar a fusão viral do acessório e da membrana, a proteína de N joga um papel na réplica viral dentro do organismo do anfitrião, a proteína de E ajuda os viroporins do formulário que são essenciais para o conjunto viral e a liberação, e o conjunto e a brotamento virais dos auxílios da proteína de M.

Faz a influência COVID-19 somente o sintoma respiratório?

Durante as fases iniciais da pandemia, somente os sintomas periféricos da doença tais como a febre, tosse, dor de cabeça, dificuldades respiratórias, foram-nos sabidos e assim por diante.

Contudo, ao longo do tempo, cada vez mais os estudos estão mostrando que as desordens neurológicas gostam de apreensões, meningo-encefalite, encefalite viral, síndrome de Guillain-Barré, doença celebral-vasculaa aguda, e a falha respiratória é bastante comum nos pacientes COVID-19. Isto apresenta um problema significativo na gestão dos pacientes com a doença.

Interessante, os relatórios actuais dizem que os virions SARS-CoV-2 controlaram iludir também no cérebro, uma razão poderiam ser devido à distribuição dos receptors ACE2 no cérebro.”

No passado, diversos estudos fizeram esforços para compreender que o papel do sistema nervoso nestas complicações e os resultados destes estudos revelam que SARS-CoV-2 infiltra no CNS através das rotas múltiplas.

Revendo resultados dos estudos do passado que sugerem a participação do CNS de SARS-CoV-2

Recentemente, os pesquisadores do departamento da farmacologia, faculdade de ciências farmacêuticas, Índia de Manipal, reviram resultados de diversos estudos que sugeriram a participação do CNS de SARS-CoV-2. Desde que era evidente que SARS-CoV-2 pode contaminar o CNS e causar diversas complicações, os pesquisadores quiseram examinar para fora e traçar todas as provas para a entrada SARS-CoV-2 no CNS, nas rotas possíveis da entrada, na interacção potencial das proteínas SARS-CoV-2 estruturais, e nas várias circunstâncias neurológicas que seguem a infecção do CNS.

Muitos dos estudos reivindicaram que o vírus incorpora o CNS e entra o contacto com os receptors ACE2 de pilhas neuronal e glial através das rotas múltiplas tais como o CSF, o nervo de trigeminal, o nervo olfactivo, a disseminação neuronal, e os caminhos hematógenos.

Muitos outros estudos sugeriram que as proteínas estruturais de SARS-CoV-2 jogassem um papel crucial em sua infectividade, particularmente as proteínas do ponto que actuam como mediadores da fusão da membrana do acessório e do anfitrião do ponto.

O envelope, o nucleocapsid, e as proteínas da membrana facilitam a proliferação de SARS-CoV-2 dentro do anfitrião e este pode conduzir às condições sérias tais como a síndrome de Guillain-Barré, as apreensões, a encefalite viral, a meningo-encefalite, e a doença celebral-vasculaa aguda.

Uma pesquisa mais adicional é crucial compreender melhor a participação do CNS de COVID-19

Para resumir, os estudos mostram que as complicações de SARS-CoV-2-led COVID-19 vão além da doença respiratória. Há uma evidência clara para a entrada do vírus no sistema nervoso e nas rotas do múltiplo através de que SARS-CoV-2 pode tomar sobre o CNS. As proteínas estruturais de SARS-CoV-2 são cruciais em permitir a infectividade neuronal, que conduz a diversas desordens neurológicas nos pacientes com COVID-19.

Desde que o líquido cerebrospinal (CSF) é um marcador excelente de mudanças do CNS, a análise do CSF poderia ajudar a detectar a presença de SARS-CoV-2 no CNS. Embora os estudos sugiram um papel claro do sistema nervoso na patologia COVID-19, a complexidade de redes neuronal apresenta uma barreira a uma compreensão melhor do impacto de SARS-CoV-2 nos vários sintomas neurológicos considerados nos pacientes COVID-19.

De acordo com os autores, não muitos estudos centram-se actualmente sobre as manifestações do CNS de SARS-CoV-2. Embora alguns resultados neurológicos sejam relatados nos pacientes COVID-19, o mecanismo exacto da infecção do CNS não é ainda claro, e uns estudos mais adicionais são necessários para tirar umas conclusões mais concretas sobre o efeito de COVID-19 no CNS.

Os autores “estão colocando uma lente de ampliação” nas conseqüências menos conhecidos do CNS da doença COVID-19 na tentativa de deslocar o foco nas ameaças novas que precisam de ser estudadas mais.

Mesmo que determinados resultados relatem tais condições nos pacientes COVID-19, o mecanismo exacto da infecção do CNS permanece especulativo, e um estudo mais adicional é necessário para desenhar conclusões concretas em relação a COVID-19 e seus efeitos no CNS.”

Journal reference:
  • Sairaj Satarker, Madhavan Nampoothiri, Involvement of the nervous system in COVID-19: The bell should toll in the brain, Life Sciences, Volume 262, 2020, 118568, ISSN 0024-3205, https://doi.org/10.1016/j.lfs.2020.118568.

Susha Cheriyedath

Written by

Susha Cheriyedath

Susha has a Bachelor of Science (B.Sc.) degree in Chemistry and Master of Science (M.Sc) degree in Biochemistry from the University of Calicut, India. She always had a keen interest in medical and health science. As part of her masters degree, she specialized in Biochemistry, with an emphasis on Microbiology, Physiology, Biotechnology, and Nutrition. In her spare time, she loves to cook up a storm in the kitchen with her super-messy baking experiments.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Cheriyedath, Susha. (2020, December 04). SARS-CoV-2 incorpora o CNS através das rotas múltiplas e causa várias desordens neurológicas. News-Medical. Retrieved on September 20, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20201203/SARS-CoV-2-enters-the-CNS-via-multiple-routes-and-causes-various-neurological-disorders.aspx.

  • MLA

    Cheriyedath, Susha. "SARS-CoV-2 incorpora o CNS através das rotas múltiplas e causa várias desordens neurológicas". News-Medical. 20 September 2021. <https://www.news-medical.net/news/20201203/SARS-CoV-2-enters-the-CNS-via-multiple-routes-and-causes-various-neurological-disorders.aspx>.

  • Chicago

    Cheriyedath, Susha. "SARS-CoV-2 incorpora o CNS através das rotas múltiplas e causa várias desordens neurológicas". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20201203/SARS-CoV-2-enters-the-CNS-via-multiple-routes-and-causes-various-neurological-disorders.aspx. (accessed September 20, 2021).

  • Harvard

    Cheriyedath, Susha. 2020. SARS-CoV-2 incorpora o CNS através das rotas múltiplas e causa várias desordens neurológicas. News-Medical, viewed 20 September 2021, https://www.news-medical.net/news/20201203/SARS-CoV-2-enters-the-CNS-via-multiple-routes-and-causes-various-neurological-disorders.aspx.