Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Tempo da família da qualidade e flexibilidade do trabalho: Os australianos relatam positivos inesperados à pandemia COVID-19

Entre a pandemia da doença 2019 do coronavirus (COVID-19), muitos povos experimentaram impactos negativos, tais como perdas do trabalho, fechamentos do negócio, meses de medidas do lockdown, e complicações da saúde.

O coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2), o vírus que causa COVID-19, continua a espalhar no mundo inteiro. Até agora, há mais de 72,27 milhão casos e sobre 1,61 perderam suas vidas.

Os pesquisadores na universidade de Sydney quiseram determinar que australianos pensam são os efeitos positivos trazidos sobre pela pandemia.

A equipe encontrou que muitos australianos relataram uma escala de partes superiores positivas ao início da pandemia, incluindo o tempo aumentado da família, a flexibilidade do trabalho, e um ritmo mais calmo da vida.

Estudo: Que positivos podem ser tomados da pandemia COVID-19 em Austrália? Crédito de imagem: A Dinamarca Antipina/Shutterstock
Estudo: Que positivos podem ser tomados da pandemia COVID-19 em Austrália? Crédito de imagem: A Dinamarca Antipina/Shutterstock

A pandemia do coronavirus

A manifestação SARS-CoV-2 começada primeiramente na cidade de Wuhan, China, em dezembro de 2019. De lá, começou a espalhar em muitas partes de Ásia e de Europa. Daqui até março, a Organização Mundial de Saúde (WHO) declarou a crise de saúde como uma pandemia.

Até agora, espalhou a 191 países e regiões no mundo inteiro. Os Estados Unidos relatam um número mais alto de casos, alcançando 16,25 milhões, com quase 300.000 mortes.

A situação é diferente em Austrália. O país relatou mais de 28.000 casos e 908 mortes.

Efeitos positivos de COVID-19

No estudo publicou no medRxiv* do server da pré-impressão, pesquisadores apontados determinar se os australianos experimentaram quaisquer efeitos positivos durante a pandemia, apesar do rompimento à sociedade e ao dia-a-dia.

Para chegar nos resultados do estudo, os pesquisadores conduziram uma avaliação em linha nacional em junho de 2020, onde perguntaram a ao redor 1.370 participantes sobre os efeitos positivos da pandemia.

A equipe encontrou aquela dos participantes, 70% disse que tinha experimentado pelo menos um positivo durante a pandemia COVID-19. No total, 54,2% dos participantes relataram um suficiente nível de bem estar, quando 23,2% mostraram o baixo bem estar. Aproximadamente 22,6% disseram que tiveram o bem estar muito baixo durante a pandemia.

Uma grande proporção dos participantes do estudo notou efeitos positivos de COVID-19. Incluíram ter a oportunidade de passar mais tempo com família, de trabalhar da HOME, ou de ter mais flexibilidade em seus grupos de trabalho.

Por outro lado, aqueles que eram desempregados durante a avaliação ou aqueles que trabalharam fora da HOME eram menos prováveis experimentar efeitos dos positivos. Aqueles que viveram apenas não relataram nenhuns efeitos positivos da pandemia.

Embora nós reconhecêssemos que muitos povos podem ter sido separados de suas famílias durante este tempo, esta amostra relatou que o período do lockdown forneceu muitas famílias uma possibilidade ser junto e dar a prioridade 2 aqueles relacionamentos, “os pesquisadores explicados… Isto que encontra é de acordo com a pesquisa precedente nas crises que demonstram que a conexão da família e da comunidade pode atenuar os impactos prejudiciais do desastre e promover a superação entre membros da Comunidade.”

Um outro efeito positivo incluído no estudo está apreciando uma vida mais quieta e menos ocupada. Quando os países impor medidas do lockdown em muitos países, os povos ficam em casa, que reforçaram um “tempo ocioso da máquina” para muitos povos que não tiveram que sair em casa ao trabalho. Mandaram menos comutar em casa o tempo e o mais tempo.

“Embora uma grande proporção de participantes nesta avaliação encontrou positivos, é crucial reconhecer que é possível reconhecer positivos em uma crise mas encontrar não necessariamente a experiência total positiva,” os pesquisadores disse.

Adicionaram que muita daquelas que relataram efeitos positivos da pandemia não pôde ter a mesma probabilidade assim que as limitações fossem levantadas. Eles necessários para ir para trás trabalhar outra vez ou tornar-se ocupado em outras áreas de suas vidas.

O estudo forneceu uma compreensão melhor de como os povos identificaram experiências positivas apesar da pandemia em curso. Contudo, o estudo igualmente recomenda fornecer o apoio extra aos grupos que não poderiam alcançar os benefícios de mudanças do dia-a-dia.

“Isto pôde incluir o funcionamento flexível e uma ênfase maior no acoplamento da comunidade local para promover conexões sociais,” os pesquisadores disseram.

Observação *Important

o medRxiv publica os relatórios científicos preliminares que par-não são revistos e, não devem conseqüentemente ser considerados como conclusivos, guia a prática clínica/comportamento saúde-relacionado, ou tratado como a informação estabelecida.

Journal reference:
Angela Betsaida B. Laguipo

Written by

Angela Betsaida B. Laguipo

Angela is a nurse by profession and a writer by heart. She graduated with honors (Cum Laude) for her Bachelor of Nursing degree at the University of Baguio, Philippines. She is currently completing her Master's Degree where she specialized in Maternal and Child Nursing and worked as a clinical instructor and educator in the School of Nursing at the University of Baguio.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Laguipo, Angela. (2020, December 14). Tempo da família da qualidade e flexibilidade do trabalho: Os australianos relatam positivos inesperados à pandemia COVID-19. News-Medical. Retrieved on December 08, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20201214/Quality-family-time-and-work-flexibility-Australians-report-unexpected-positives-to-the-COVID-19-pandemic.aspx.

  • MLA

    Laguipo, Angela. "Tempo da família da qualidade e flexibilidade do trabalho: Os australianos relatam positivos inesperados à pandemia COVID-19". News-Medical. 08 December 2021. <https://www.news-medical.net/news/20201214/Quality-family-time-and-work-flexibility-Australians-report-unexpected-positives-to-the-COVID-19-pandemic.aspx>.

  • Chicago

    Laguipo, Angela. "Tempo da família da qualidade e flexibilidade do trabalho: Os australianos relatam positivos inesperados à pandemia COVID-19". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20201214/Quality-family-time-and-work-flexibility-Australians-report-unexpected-positives-to-the-COVID-19-pandemic.aspx. (accessed December 08, 2021).

  • Harvard

    Laguipo, Angela. 2020. Tempo da família da qualidade e flexibilidade do trabalho: Os australianos relatam positivos inesperados à pandemia COVID-19. News-Medical, viewed 08 December 2021, https://www.news-medical.net/news/20201214/Quality-family-time-and-work-flexibility-Australians-report-unexpected-positives-to-the-COVID-19-pandemic.aspx.