Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

As superfícies do cobre podem neutralizar SARS-CoV-2 em apenas um minuto, achados do estudo

A doença 2019 do coronavirus (COVID-19), causada pelo micróbio patogénico do coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2), continua a espalhar no mundo inteiro, com muitos países que relatam casos de afluência. O vírus espalha primeiramente através das gotas respiratórias e os aerossóis que penduram no ar depois que uma pessoa contaminada tosse, espirram, respiram, ou falam.

Estas gotas podem igualmente espalhar com da contaminação das superfícies que são tocadas geralmente (igualmente sabido como fomites do `'), como puxadores, tabelas, trilhos da escada, e punhos do telefone, para nomear alguns.

Um estudo novo por pesquisadores na universidade de Southampton, Reino Unido, encontrou que SARS-CoV-2 pode neutralizar nas superfícies de cobre em apenas 1 minuto. Isto é mais rápido do que os resultados dos estudos precedentes em que tomou tanto quanto 4 horas antes do vírus foram neutralizadas.

Cobre como um agente antiviroso

O cobre tem qualidades antimicrobiais inerentes. Quando limpadas correctamente e regularmente, as superfícies geralmente tocadas com os materiais sem revestimento da liga de cobre matarão eficazmente os micróbios patogénicos infecciosos.

Em formulários diferentes, o cobre foi amplamente utilizado na pesquisa e em ajustes clínicos reduzir o risco de contaminação bacteriana e viral. Daqui, muitos estudos exploraram o uso das superfícies e dos materiais de cobre combater o espalhamento de SARS-CoV-2.

A Agência de Protecção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) relata que as ligas de cobre antimicrobiais estão pretendidas para a fabricação de componentes da superfície do toque usados nos hospitais, nos laboratórios, nas facilidades de cuidados médicos, e em outras construções públicas, comerciais, e residenciais.

Mas como o cobre neutraliza vírus? O cobre destrói as capacidades da réplica e da propagação dos vírus, tais como SARS-CoV-2, gripe, e outros vírus respiratórios. Mais, o cobre pode erradicar organismos patogénicos tais como o coronavirus, a gripe, o vírus de imunodeficiência humana (HIV), e os fungos após um curto período de exposição.

O estudo

O estudo, publicado no server do bioRxiv* da pré-impressão, mostrou que o cobre é um metal antiviroso poderoso, que pudesse causar a inactivação rápida dos micróbios patogénicos em superfícies do toque apenas em actas. A equipe confirmou que o metal neutralizou SARS-CoV-2 em apenas 1 minuto.

No estudo do passado da pelos pesquisadores, mostraram que o coronavirus humano 229E (Hu-CoV-229E), o vírus que causa constipações comuns, sobrevive por mais de cinco dias em superfícies inanimados como o vidro, o metal, e os plásticos. No estudo, mostraram a inactivação rápida do vírus dentro de 10 minutos em várias superfícies de cobre.

Um outro estudo, que fosse um do primeiro para mostrar que SARS-CoV-2 pode sobreviver a muitos dias em objetos inanimados, indicou que o cobre tomou 4 horas para neutralizar SARS-CoV-2. Para explorar mais o potencial antiviroso do cobre, a equipe repetiu seus trabalhos anteriores em SARS-CoV-2.

Os pesquisadores usaram vales do metal, incluir de cobre e de aço inoxidável. De lá, a equipe espalhou preparações contaminadas do supernatant da pilha de SARS-CoV-2 sobre os vales do meta, 1 µl para simular transferência da mão ou µl 10 para simular o contacto respiratório da gota, e incubou-as na temperatura ambiente.

A equipe removeu o vírus das superfícies do teste após os vários pontos do tempo usando um media da infecção e analisados para a sobrevivência infecciosa do vírus usando um ensaio da chapa.

Ensaio da chapa com SARS-CoV-2. A) pilhas uninfected o confluency VERO-E6 vindo e manchado com violeta de cristal para mostrar pega por pilhas viáveis. B) pilhas VERO-E6 confluentes contaminadas com SARS-CoV-2 e manchadas subseqüentemente com violeta de cristal para mostrar as pilhas inoperantes e morrendo vistas como claramente chapas.
Ensaio da chapa com SARS-CoV-2. A) pilhas uninfected o confluency VERO-E6 vindo e manchado com violeta de cristal para mostrar pega por pilhas viáveis. B) pilhas VERO-E6 confluentes contaminadas com SARS-CoV-2 e manchadas subseqüentemente com violeta de cristal para mostrar as pilhas inoperantes e morrendo vistas como claramente chapas.

Tão pouco quanto um minuto

Os pesquisadores encontraram que não havia nenhum vírus viável recuperado do de aço inoxidável de cobre ou cobre-revestido após 1 minuto da exposição para vales do metal com a 1 inoculação do µl para simular transferência da mão.

Usando uma inoculação de 10 µl para simular o contacto respiratório da gota, isto tomou sobre 10 minutos para secar quando incubado na temperatura ambiente.

A equipe, contudo, notou aquela que substitui superfícies de metal existentes com o material de cobre é cara. A equipe sugere que o metal existente de revestimento e as superfícies plásticas com cobre possam ser um método mais barato e eficaz na redução de custos ter uma superfície dedesinfecção.

Embora pôde estar atrasada instalar estas superfícies entre a pandemia, pode ajudar nas manifestações virais futuras. Igualmente tem o uso potencial em ajustes dos cuidados médicos e em outras áreas públicas onde a transmissão é provavelmente alta, como hospitais e o transporte público.

Instalar ligas de cobre antimicrobiais poderosos e revestimentos em sistemas dos cuidados médicos e de transporte público oferece uma defesa simples na luta atrasar a propagação das doenças pandémicas futuras até que as vacinas se tornem disponíveis,” os pesquisadores escreveu no papel.

Até agora, o número de indivíduos contaminados alcançou 85,67 milhões, e o vírus reivindicou sobre 1,85 milhão vidas no mundo inteiro. Os Estados Unidos relatam o caso e os números de mortes os mais altos, com mais de 20,81 milhão casos, e 353.000 mortes. Outros países com casos COVID-19 altos incluem a Índia, com mais de 10,35 milhão casos, Brasil, com sobre 7,75 milhão casos, Rússia, com mais de 3,22 milhão casos, e o Reino Unido, com sobre 2,72 milhão casos.

Observação *Important

o bioRxiv publica os relatórios científicos preliminares que par-não são revistos e, não devem conseqüentemente ser considerados como conclusivos, guia a prática clínica/comportamento saúde-relacionado, ou tratado como a informação estabelecida.

Source:
Journal reference:
Angela Betsaida B. Laguipo

Written by

Angela Betsaida B. Laguipo

Angela is a nurse by profession and a writer by heart. She graduated with honors (Cum Laude) for her Bachelor of Nursing degree at the University of Baguio, Philippines. She is currently completing her Master's Degree where she specialized in Maternal and Child Nursing and worked as a clinical instructor and educator in the School of Nursing at the University of Baguio.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Laguipo, Angela. (2021, January 05). As superfícies do cobre podem neutralizar SARS-CoV-2 em apenas um minuto, achados do estudo. News-Medical. Retrieved on September 23, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20210105/Copper-surfaces-can-inactivate-SARS-CoV-2-in-as-little-as-one-minute-study-finds.aspx.

  • MLA

    Laguipo, Angela. "As superfícies do cobre podem neutralizar SARS-CoV-2 em apenas um minuto, achados do estudo". News-Medical. 23 September 2021. <https://www.news-medical.net/news/20210105/Copper-surfaces-can-inactivate-SARS-CoV-2-in-as-little-as-one-minute-study-finds.aspx>.

  • Chicago

    Laguipo, Angela. "As superfícies do cobre podem neutralizar SARS-CoV-2 em apenas um minuto, achados do estudo". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210105/Copper-surfaces-can-inactivate-SARS-CoV-2-in-as-little-as-one-minute-study-finds.aspx. (accessed September 23, 2021).

  • Harvard

    Laguipo, Angela. 2021. As superfícies do cobre podem neutralizar SARS-CoV-2 em apenas um minuto, achados do estudo. News-Medical, viewed 23 September 2021, https://www.news-medical.net/news/20210105/Copper-surfaces-can-inactivate-SARS-CoV-2-in-as-little-as-one-minute-study-finds.aspx.