Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

O Melatonin reduz quistos nos tubules renais de moscas de fruto

Uma hormona associada geralmente com o regulamento da sono-vigília foi encontrada para reduzir quistos em moscas de fruto, de acordo com pesquisadores de Concordia. É encontrar que pode afectar a maneira que nós tratamos algumas doenças renais e reduzimos a necessidade para transplantações do rim.

Em um papel novo publicado nas moléculas do jornal, o Painço-Boureima de Cassandra do alume (CAM 19) e Chiara Gamberi, professor adjunto da filial da biologia, escrevem que o melatonin estêve encontrado para reduzir quistos nos tubules renais de moscas de fruto. Estes tubules são encontrados igualmente em uns mamíferos mais complexos, incluindo os seres humanos, onde são chamados nephrons. Este estudo, de que as construções em estudos precedentes pelo Painço-Boureima e pelo Gamberi, co-foram sidas o autor por Rozencwaig romano e por Felix Polyak da ciência biológica do BH em Montreal.

Os pesquisadores esperam que seus resultados podem ser aplicados a tratar os povos que sofrem da doença renal polycystic dominante autosomal. ADPKD é uma doença crônica e progressiva genética caracterizada pelo crescimento das dúzias dos quistos nos nephrons. É incurável e afecta aproximadamente 12,5 milhões mundiais.

Similaridades grandes e pequenas

Porque os nephrons nos animais vertebrados são encaixados no outro tecido, os pesquisadores experimentaram na drosófila -- a mosca de fruto comum.

A drosófila conserva muitos dos componentes renais do caminho encontrados nos animais vertebrados e isolou anatômica as câmaras de ar renais. Com microdissection, nós podemos isolar os tubules e conduzir a análise bioquímica e molecular.”

Chiara Gamberi, professor adjunto da filial, biologia, universidade de Concordia

Os pesquisadores produziram as moscas de fruto que carregam a mutação genética bicaudal de C. Sabe-se para causar quistos do rim em toda a maneira de seres vivos, das moscas às rãs aos ratos aos seres humanos.

Sobre 18 dias, o Painço-Boureima administrou o melatonin a 50 drosófila e álcool etílico a um grupo de controle. Então dissecou as moscas e marcou seus quistos, um processo que rende um deslocamento predeterminado cístico. Encontrou que as moscas melatonin-tratadas tiveram muito menos e quistos menores do que o controle. Porque o Painço-Boureima era especializado em dissecar os insectos e em avaliar os tubules renais recuperados, podia evitar de viés na contagem.

Podia igualmente distinguir três secções separadas do tubule da drosófila, cada um com sua própria função original, e atribui os quistos a uma secção particular. Depois que testando diversos compostos na mesma família das pilhas, observou actividades diferentes ao longo do comprimento do tubule. Os pesquisadores realizaram que poderiam potencial desenvolver o tratamento visado segundo o lugar dos quistos nos nephrons de um paciente.

“Biològica falando, isto tem muito potencial que nós desenvolveremos obviamente,” Gamberi diz.

Ajuda sem prejudicar

Embora Gamberi diz o melatonin não tem sido usado previamente para tratar PKD, ela pensa que mantem alguma promessa. PKD é uma doença crónica, assim que o tratamento não pode incluir nenhuns componentes tóxicos. Isto ordena para fora o antineoplastics da quimioterapia e da tumor-matança usado na oncologia, por exemplo. Contudo, o melatonin é inteiramente não-tóxico e compartilha de determinadas propriedades com o antineoplastics e os agentes anti-inflamatórios.

“Nós sabemos da oncologia que o melatonin tem dois efeitos quando é administrado com quimioterapia,” Gamberi explica. “Primeiramente, actua como um assistente da droga à quimioterapia, fazendo o para trabalhar mais eficazmente contra células cancerosas. Em segundo, parece proteger pilhas saudáveis da toxicidade da quimioterapia. Basicamente, o melatonin aumenta a especificidade da quimioterapia. Nós esperamos que pode ter um efeito positivo similar quando usado com uma anti-ADPKD droga gosta tolvaptan, que possa danificar o fígado.”

Os pesquisadores são afiados compartilhar o mais rapidamente possível de seus resultados.

“Eu espero que haverá mais pesquisa sobre as drogas que nós testamos e isso nós obtemos mais resultados que ajudarão a comunidade de PKD,” Painço-Boureima diz.

Source:
Journal reference:

Millet-Boureima, C., et al. (2020) Cyst Reduction by Melatonin in a Novel Drosophila Model of Polycystic Kidney Disease. Molecules. doi.org/10.3390/molecules25225477.