Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

A vacina de Moderna mostra a supressão robusta da infecção SARS-CoV-2 no modelo animal

A pandemia da doença 2019 do coronavirus (COVID-19) continua a espalhar através do globo. Os esforços da vacinação contra seu agente causal - o coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2) - começaram em muitas partes do mundo.

Uma das vacinas actualmente que estão sendo desenroladas é COVID-19 a vacina mRNA-1273 (ou Moderna). Os pesquisadores estabelecidos nos Estados Unidos demonstraram que a vacinação da prima ou do principal-impulso da vacina mRNA-1273 nos hamster induziu anticorpos de neutralização robustos, melhorou a perda de peso, e suprimiu a réplica SARS-CoV-2 nas vias aéreas.

A equipe - do ramo médico da Universidade do Texas, da Universidade de Princeton, da Faculdade de Medicina de Icahn no monte Sinai, e do Moderna Inc. - liberou seus resultados no server do bioRxiv*.

Vacina de Moderna COVID-19

A vacina de Moderna COVID-19, igualmente chamada mRNA-1273, é uma vacina mRNA-baseada nanoparticle-encapsulada lipido que codifique a proteína completo estabilizada prefusion do ponto de SARS-CoV-2. Em curto, permite o anfitrião desenvolva anticorpos de neutralização contra o antígeno da proteína do ponto do vírus, em que impede eficazmente que os virions SARS-CoV-2 travem e contaminem pilhas se o anfitrião se torna expor.

Manufacturado por ModernaTX, Inc., a vacina é impedindo COVID-19 nos povos que têm mais de 18 anos velhos.

O estudo

O estudo demonstrou aquele que administra um principal-impulso de mRNA-1273 gerou uma resposta de neutralização forte do anticorpo e impediu a réplica do vírus nas vias aéreas.

Embora a vacina foi usada em experimentações humanas, estas não podem fornecer a resposta controlada à infecção e à introspecção imunológica complexa que são somente possíveis com estudos pré-clínicos. Os hamster são o único modelo que pode causar uma doença SARS-CoV-2 mais severa, aparentado aos pacientes hospitalizados. Isto faz hamster relevantes para a avaliação vacinal.

Para chegar nos resultados do estudo, os pesquisadores testaram a eficácia da vacina de Moderna com prima somente e de níveis da três-dose de regimes do principal-impulso usando o modelo sírio dourado estrito do hamster. Executaram uma série de testes e de análises à imunidade vacina-negociada caracterizada antes e depois do desafio.

A equipe encontrou que vacinar hamster com a vacina mRNA-1273 provocou as respostas de neutralização fortes do anticorpo, suprimidas o influxo de pilhas imunes inatas inflamatórios, e as diminuições nos glóbulos brancos nos pulmões.

Três grupos de hamster foram vacinados com o µg 25 µg, 5, e o 1 µg de mRNA-1273 em um regime do principal-impulso. Um grupo recebeu a dose da prima somente do µg 25 na semana 0 e um outro grupo recebe vacinas do placebo. A equipe observou e mediu as respostas humoral à vacinação pelo específico enzima-ligado do ensaio da imunoabsorção (ELISA) para a proteína em SARS-CoV-2 e em seu domínio receptor-obrigatório (RBD).

Três semanas após ter dado a dose principal, uns titers S-específicos mais altos de G (IgG) da imunoglobulina foram considerados nos hamster que receberam os 25 µg e em 5 doses do µg comparadas à 1 dose do µg. Mais, os titers S-específicos de IgG foram amplificados marcada em todos os grupos que seguem o impulsionador. Contudo, os 25 µg e 5 grupos da dose do µg tiveram uns titers S-específicos mais altos de IgG.

Total, o estudo mostrou que duas doses da vacina mRNA-1273 reduziram a carga viral nas vias aéreas superiores e mais baixas dos hamster, e protegido contra a perda de peso. Uma vacinação principal-somente forneceu somente a protecção parcial. Entrementes, duas doses de mRNA-1273 são necessárias para estimular os titers de neutralização aparentados aos titers mais altos considerados nos pacientes COVID-19 convalescentes.

A dosagem a mais eficaz era o µg 25, que forneceu a melhor protecção contra ferimento de pulmão e a perda de peso.

mRNA-1273 demonstrou a protecção é conseguido predominantemente com a indução dos anticorpos, e as respostas celulares podem actuar para apoiar o afastamento completo do vírus.  Importante, a segurança de mRNA-1273 foi indicada pela ausência de caminhos celulares aberrantes VI em hamster após o desafio,” os pesquisadores concluídos no estudo.

Os estudos mais adicionais igualmente incitados da equipe para explorar como a imunidade induzida por outras vacinas é regulada depois da infecção para fornecer a fundação para uma campanha melhor da vacinação.

Observação *Important

o bioRxiv publica os relatórios científicos preliminares que par-não são revistos e, não devem conseqüentemente ser considerados como conclusivos, guia a prática clínica/comportamento saúde-relacionado, ou tratado como a informação estabelecida.

Journal reference:
Angela Betsaida B. Laguipo

Written by

Angela Betsaida B. Laguipo

Angela is a nurse by profession and a writer by heart. She graduated with honors (Cum Laude) for her Bachelor of Nursing degree at the University of Baguio, Philippines. She is currently completing her Master's Degree where she specialized in Maternal and Child Nursing and worked as a clinical instructor and educator in the School of Nursing at the University of Baguio.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Laguipo, Angela. (2021, January 28). A vacina de Moderna mostra a supressão robusta da infecção SARS-CoV-2 no modelo animal. News-Medical. Retrieved on January 17, 2022 from https://www.news-medical.net/news/20210128/Moderna-vaccine-shows-potential-in-ameliorating-SARS-CoV-2-infection.aspx.

  • MLA

    Laguipo, Angela. "A vacina de Moderna mostra a supressão robusta da infecção SARS-CoV-2 no modelo animal". News-Medical. 17 January 2022. <https://www.news-medical.net/news/20210128/Moderna-vaccine-shows-potential-in-ameliorating-SARS-CoV-2-infection.aspx>.

  • Chicago

    Laguipo, Angela. "A vacina de Moderna mostra a supressão robusta da infecção SARS-CoV-2 no modelo animal". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210128/Moderna-vaccine-shows-potential-in-ameliorating-SARS-CoV-2-infection.aspx. (accessed January 17, 2022).

  • Harvard

    Laguipo, Angela. 2021. A vacina de Moderna mostra a supressão robusta da infecção SARS-CoV-2 no modelo animal. News-Medical, viewed 17 January 2022, https://www.news-medical.net/news/20210128/Moderna-vaccine-shows-potential-in-ameliorating-SARS-CoV-2-infection.aspx.