Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Complicações neurológicas e psiquiátricas seis meses após a recuperação COVID-19

Os sintomas e os resultados atrasados da saúde em pacientes recuperados da doença 2019 do coronavirus (COVID-19) estão sendo relatados cada vez mais. Alguns indivíduos experimentam um anfitrião de sintomas persistentes - da fadiga crônica, à dificuldade de respiração, à névoa do cérebro do `' - diversos meses após seu ataque da doença.

Contudo, há actualmente uma falta dos dados nos resultados neurológicos e psiquiátricas dos pacientes que recuperaram de COVID-19.

Para endereçar este, os pesquisadores na universidade de Oxford e a confiança da fundação dos hospitais NHS da universidade de Oxford no Reino Unido apontaram determinar a predominância dos pacientes que experimentam circunstâncias neurológicas e psiquiátricas seis meses após a recuperação de COVID-19.

A equipe calculou a incidência da classificação internacional das doenças 10 diagnósticos (ICD-10) nos seis meses após o diagnóstico com COVID-19. Entre estas circunstâncias hemorragia intracranial incluída, curso isquêmico, síndrome da Guillain-Barra', Parkinsonism, desordens da raiz de nervo, doença do músculo, demência, encefalite, ansiedade, desordens dementes, emprego errado da substância, e insónia.

Os pesquisadores publicaram seus resultados no server do medRxiv* da pré-impressão.

Sintomas COVID-19 e resultados persistentes

O número crescente dos pacientes COVID-19 recuperados que exibem meses neurológicos e psiquiátricas dos sequelae depois que a infecção destaca a necessidade para uma pesquisa mais adicional e a continuação entre convalescents.

Os longo-alador do ` COVID-19' foram descritos como aqueles pacientes que recuperaram da infecção, mas sintomas persistentes da experiência meses após o início de seus sintomas. Os estudos precedentes igualmente exploraram a incidência dos pacientes recuperados que estavam em um risco aumentado de desordens neurológicas.

Estes resultados utilizados baseados estudos de outros coronaviruses e foram seguidos pela série do caso. Houve uns interesses similares sobre sequelae psiquiátricas de COVID-19. A evidência mostrou que os sobreviventes estavam em um risco aumentado de humor e de perturbações da ansiedade, assim como demência, nos três meses após a contaminação com SARS-CoV-2.

O estudo

Os pesquisadores usaram estudos de coorte e a análise retrospectivos do tempo-à-evento para calcular a incidência dos diagnósticos ICD-10 nos seis meses após a detecção COVID-19.

Os pesquisadores obtiveram dados da rede eletrônica dos registos de saúde de TriNetX, que contem mais de 81 milhão pacientes. Compararam as incidências com os pacientes com gripe ou outras infecções respiratórias usando um modelo de Cox.

A equipe igualmente analisada se sendo hospitalizado e encefalopatia durante a influência COVID-19 aguda estes riscos.

Os resultados do estudo mostraram que 236.379 pacientes recuperaram de COVID-19. Entre estes, a incidência aproximada de sequelae neurológicos ou psiquiátricas em seis meses era 33,6 por cento. Aproximadamente 12,8 por cento destes pacientes receberam seu primeiro diagnóstico destas circunstâncias.

Mais, a equipe encontrou que a maioria dos diagnósticos eram mais comuns após COVID-19 do que em seguida tendo a gripe ou outras infecções respiratórias, incluindo o curso, a hemorragia intracranial, desordens dementes, e demência.

A equipe igualmente revelou que COVID-19 que foram hospitalizados e aqueles que tiveram a encefalopatia eram mais prováveis desenvolver circunstâncias neurológicas e psiquiátricas.

Os mecanismos potenciais para esta associação incluem a invasão viral do sistema nervoso central, dos estados hypercoagulable, e dos efeitos neurais da resposta imune. Por outro lado, é igualmente notável que a incidência destes diagnósticos estêve aumentada mesmo nos casos COVID-19 que não tinham exigido a hospitalização,” os pesquisadores explicados.

O estudo utilizou um grande tamanho da amostra, embora reconhece que os registos de saúde eletrônicos podem ter integralidade desconhecida, incluindo a informação escassa no estilo de vida e em factores sócio-económicos e uma falta da validação dos diagnósticos.

Não obstante, o estudo destacou a escala potencial de sequelae neurológicos e psiquiátricas cargo-virais. Um estudo mais adicional é necessário reforçar a validez dos resultados.

Observação *Important

o medRxiv publica os relatórios científicos preliminares que par-não são revistos e, não devem conseqüentemente ser considerados como conclusivos, guia a prática clínica/comportamento saúde-relacionado, ou tratado como a informação estabelecida.

Source:
Journal reference:
Angela Betsaida B. Laguipo

Written by

Angela Betsaida B. Laguipo

Angela is a nurse by profession and a writer by heart. She graduated with honors (Cum Laude) for her Bachelor of Nursing degree at the University of Baguio, Philippines. She is currently completing her Master's Degree where she specialized in Maternal and Child Nursing and worked as a clinical instructor and educator in the School of Nursing at the University of Baguio.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Laguipo, Angela. (2021, January 28). Complicações neurológicas e psiquiátricas seis meses após a recuperação COVID-19. News-Medical. Retrieved on September 20, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20210128/Neurological-and-psychiatric-complications-six-months-after-COVID-19-recovery.aspx.

  • MLA

    Laguipo, Angela. "Complicações neurológicas e psiquiátricas seis meses após a recuperação COVID-19". News-Medical. 20 September 2021. <https://www.news-medical.net/news/20210128/Neurological-and-psychiatric-complications-six-months-after-COVID-19-recovery.aspx>.

  • Chicago

    Laguipo, Angela. "Complicações neurológicas e psiquiátricas seis meses após a recuperação COVID-19". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210128/Neurological-and-psychiatric-complications-six-months-after-COVID-19-recovery.aspx. (accessed September 20, 2021).

  • Harvard

    Laguipo, Angela. 2021. Complicações neurológicas e psiquiátricas seis meses após a recuperação COVID-19. News-Medical, viewed 20 September 2021, https://www.news-medical.net/news/20210128/Neurological-and-psychiatric-complications-six-months-after-COVID-19-recovery.aspx.