Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Os pesquisadores desenvolvem o método rápido para identificar os mutantes SARS-CoV-2 anticorpo-resistentes

Os pesquisadores nos Estados Unidos descreveram um método rápido novo para identificar mutantes anticorpo-resistentes no coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2).

SARS-CoV-2 é o agente causal subjacente da pandemia global da doença 2019 do coronavirus (COVID-19), identificada primeiramente em Wuhan, China, em dezembro de 2019. Desde então, as variações múltiplas do vírus elevararam com determinadas mutações permitindo que sejam mais transmissíveis, ou escapem a neutralização dos anticorpos.

Estas mutações do escape são da preocupação principal, porque as tensões virais anticorpo-resistentes podem dràstica reduzir a eficácia de terapias actuais da vacina e do anticorpo.

Agora, uma equipe dos cientistas na Universidade do Colorado e outras instituições relatam um método de selecção do fermento que possa ser usado para identificar ràpida mutantes do escape para anticorpos de neutralização (apanha).

Nós identificamos mutantes do escape para cinco apanhamos, incluindo três da classe pública VHC-53 do germline induzida pela infecção COVID-19 natural,” diga os autores. “Nós fornecemos bibliotecas, métodos, e software como um recurso abertamente disponível da comunidade para acelerar estratégias terapêuticas novas contra SARS-CoV-2.”

Uma versão da pré-impressão do artigo de investigação está disponível para ler completamente no bioRxiv*server.

Que os pesquisadores fizeram?

Compreender os papéis e as funções das mutações SARS-CoV-2 jogará um papel enorme na revelação de suficientes vacinas, impulsionadores, e terapias do anticorpo. A única proteína viral da membrana responsável para a entrada da pilha é a proteína do ponto (s), que liga aos anfitriões com o domínio receptor-obrigatório (RBD). Os pesquisadores desejaram desenvolver um ensaio funcional da selecção que pudesse identificar apanhasse mutantes do escape em uma grande escala.

Uma plataforma do indicador da superfície do fermento de S (YSD) RBD foi criada e testada para medir e prever o escapability de RBD. Com o teste com um painel de onze anti-s anticorpos de RDB, podiam concluir que (à excecpção do resumo S309), a plataforma do fermento podia “fielmente” emula as interacções obrigatórias de anticorpos de neutralização com S RBD.

Os pesquisadores tentados então identificar os mutantes do escape de S RBD, usando cinco apanham que podiam obstruir ACE2 que liga de SARS-CoV-2. Identificaram 97 mutantations de S RBD nos pseudoviruses SARS-CoV-2 que poderiam escapar o reconhecimento pelo menos por um anticorpo de neutralização. Principalmente, as mutações F486I, E484K, T478R, K417N, K417T e D420K podiam escapar completamente a neutralização dos anticorpos comuns e coincidida com os estudos precedentes que confirmam que a mutação de N501Y - presente em muitas variações do interesse - não teve nenhum papel em fornecer a resistência do anticorpo, provavelmente aumentando pelo contrário afinidade obrigatória para ACE2.

Estes resultados foram conferidos usando replicates biológicos de uma biblioteca pública das variações SARS-CoV-2, confirmando que os mutantes do escape tiveram umas mais baixas taxas de resistência aos anticorpos do que outras variações.

Que faz este meio?

Os autores relatam algumas vantagens principais do método de selecção fermento-baseado. A saber, isso o método pode precisamente imitar a infecção viral e o emperramento do anticorpo, mas fornece adicionalmente um ambiente de trabalho seguro, a identificação relativamente rápida de mutantes do escape, assim como um algoritmo de identificação “robusto e rigoroso” destes mutantes.

A equipe apresenta este método de selecção novo do fermento como um recurso abertamente disponível da comunidade para cientistas ao auxílio em acelerar a revelação de estratégias terapêuticas contra SARS-CoV-2, e como uma nova ferramenta em identificar mutações apanhar-resistentes específicas.

Observação importante

o bioRxiv publica os relatórios científicos preliminares que par-não são revistos e, não devem conseqüentemente ser considerados como conclusivos, guia a prática clínica/comportamento saúde-relacionado, ou tratado como a informação estabelecida.

Journal reference:
Michael Burgess

Written by

Michael Burgess

Michael graduated with a first-class degree in Zoology from the University of Hull, and later received a Masters degree in Palaeobiology from the University of Bristol.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Burgess, Michael. (2021, March 17). Os pesquisadores desenvolvem o método rápido para identificar os mutantes SARS-CoV-2 anticorpo-resistentes. News-Medical. Retrieved on January 17, 2022 from https://www.news-medical.net/news/20210317/Researchers-develop-rapid-method-for-identifying-antibody-resistant-SARS-CoV-2-mutants.aspx.

  • MLA

    Burgess, Michael. "Os pesquisadores desenvolvem o método rápido para identificar os mutantes SARS-CoV-2 anticorpo-resistentes". News-Medical. 17 January 2022. <https://www.news-medical.net/news/20210317/Researchers-develop-rapid-method-for-identifying-antibody-resistant-SARS-CoV-2-mutants.aspx>.

  • Chicago

    Burgess, Michael. "Os pesquisadores desenvolvem o método rápido para identificar os mutantes SARS-CoV-2 anticorpo-resistentes". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210317/Researchers-develop-rapid-method-for-identifying-antibody-resistant-SARS-CoV-2-mutants.aspx. (accessed January 17, 2022).

  • Harvard

    Burgess, Michael. 2021. Os pesquisadores desenvolvem o método rápido para identificar os mutantes SARS-CoV-2 anticorpo-resistentes. News-Medical, viewed 17 January 2022, https://www.news-medical.net/news/20210317/Researchers-develop-rapid-method-for-identifying-antibody-resistant-SARS-CoV-2-mutants.aspx.