Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Pode o uso do acetaminophen durante a gravidez aumentar o risco de ADHD e de sintomas do autismo nas crianças?

Em um estudo epidemiológico recentemente publicado no jornal europeu da epidemiologia, os pesquisadores confirmaram que o uso do paracetamol durante a gravidez conduziu a um risco aumentado de crianças que indicam sintomas de condições do espectro do deficit de atenção/da desordem (ADHD) e autismo da hiperactividade (ASC).

Uso do paracetamol durante a gravidez

Uso do paracetamol durante a gravidez. Crédito de imagem: Prostock-studio/Shutterstock.com

Estudos precedentes no uso do paracetamol durante a gravidez

O paracetamol, que é sabido igualmente como o acetaminophen, é uma medicamentação sem receita que seja considerada actualmente ser segura para o uso durante a gravidez tratar a febre e a dor. De facto, o paracetamol é a medicamentação a mais de uso geral durante a gravidez, com até 65% e 50% das mulheres nos Estados Unidos e na Europa, respectivamente, usaram esta droga durante suas gravidezes.

O uso difundido do paracetamol durante a gravidez é pela maior parte devido ao facto de que tem não estado todo o forte evidência que associa esta droga com a causa de defeitos congénitos estruturais. Contudo, um corpo crescente da pesquisa sugere que o uso do paracetamol durante a gravidez possa realmente aumentar o risco da criança de asma, alterar seu sistema imunitário, exercer propriedades deinterrupção, e causar mudanças funcionais no comportamento e na cognição destas crianças.  

Quem foi incluído no estudo?

Um total de 73.881 crianças foi incluído no estudo actual que foi conduzido pelo instituto de Barcelona para a saúde global (ISGlobal) com apoio do “da fundação de Caixa la”. As crianças incluídas no estudo eram especificamente escolhido devido à disponibilidade dos dados em relação a se suas matrizes estiveram expor ao paracetamol durante sua gravidez ou após ter o nascimento à criança. Adicionalmente, pelo menos um sintoma do ASC ou do ADHD na criança exigido igualmente para sua inclusão no estudo.

Calculou-se que entre 14% e 56% das matrizes das crianças incluídas no estudo actual relatou a tomada do paracetamol a dada altura durante sua gravidez. As crianças que foram expor ao paracetamol antes que o nascimento estivesse para sido 19% e 21% mais provavelmente para desenvolver sintomas do ASC e do ADHD, respectivamente, em relação às crianças cujas as matrizes não tomaram esta droga quando grávidas. Notàvel, o uso pós-natal do paracetamol não foi encontrado para aumentar a probabilidade de sintomas do ASC nas crianças.

Takeaways do estudo

Alguns dos estudos precedentes que avaliaram os efeitos cognitivos da exposição pré-natal ao paracetamol foram criticados pela maior parte para sua heterogeneidade. Os pesquisadores do estudo actual, conseqüentemente, apontado harmonizar a avaliação de sintomas de ADHD e de ASC nas crianças das matrizes que podem ou não podem ter usado o paracetamol a dada altura durante suas gravidezes.

Além do que o número substancial de assuntos incluídos no estudo actual, os pesquisadores igualmente estudaram uma população demográfica larga incluindo assuntos das nações européias múltiplas que incluem o Reino Unido, os Países Baixos, Itália, Grécia, e a Espanha. Um total de seis coortes foi incluído no estudo, que eram sujeitas aos mesmos critérios, que incluíram:

  • Estudo longitudinal de Avon dos pais e das crianças (ALSPAC)
  • Coorte nacional dinamarquesa do nascimento (DNBC)
  • Gene e ambiente: Estudo em perspectiva na infância em Itália (GASPII)
  • Estudo da geração R
  • Estudo de Infancia y Medio Ambiente (INMA)
  • Coorte da Matriz-Criança na Creta (EMA)
Source:
  • Bauer, A. Z., Kriebel, D., Herbert, M. R., et al. (2018). Prenatal paracetamol exposure and child neurodevelopment: A review. Hormones and Behavior 101; 125-147. doi:10.1016/j.yhbeh.2018.01.003.
Journal reference:
  • Alemany, S., Avella-Garcia, C., Liew, Z., et al. (2021). Prenatal and postnatal exposure to acetaminophen in relation to autism spectrum and attention-deficit and hyperactivity symptoms in childhood: Meta-analysis in six European population-based cohorts. European Journal of Epidemiology.
Benedette Cuffari

Written by

Benedette Cuffari

After completing her Bachelor of Science in Toxicology with two minors in Spanish and Chemistry in 2016, Benedette continued her studies to complete her Master of Science in Toxicology in May of 2018. During graduate school, Benedette investigated the dermatotoxicity of mechlorethamine and bendamustine; two nitrogen mustard alkylating agents that are used in anticancer therapy.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Cuffari, Benedette. (2021, May 28). Pode o uso do acetaminophen durante a gravidez aumentar o risco de ADHD e de sintomas do autismo nas crianças?. News-Medical. Retrieved on September 24, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20210528/Can-acetaminophen-use-during-pregnancy-increase-the-risk-of-ADHD-and-autism-symptoms-in-children.aspx.

  • MLA

    Cuffari, Benedette. "Pode o uso do acetaminophen durante a gravidez aumentar o risco de ADHD e de sintomas do autismo nas crianças?". News-Medical. 24 September 2021. <https://www.news-medical.net/news/20210528/Can-acetaminophen-use-during-pregnancy-increase-the-risk-of-ADHD-and-autism-symptoms-in-children.aspx>.

  • Chicago

    Cuffari, Benedette. "Pode o uso do acetaminophen durante a gravidez aumentar o risco de ADHD e de sintomas do autismo nas crianças?". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210528/Can-acetaminophen-use-during-pregnancy-increase-the-risk-of-ADHD-and-autism-symptoms-in-children.aspx. (accessed September 24, 2021).

  • Harvard

    Cuffari, Benedette. 2021. Pode o uso do acetaminophen durante a gravidez aumentar o risco de ADHD e de sintomas do autismo nas crianças?. News-Medical, viewed 24 September 2021, https://www.news-medical.net/news/20210528/Can-acetaminophen-use-during-pregnancy-increase-the-risk-of-ADHD-and-autism-symptoms-in-children.aspx.