Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Eficaz de Pfizer-BioNTech's COVID-19 e seguro vacinais para o uso entre pacientes que sofre de cancro

Os pesquisadores em Israel conduziram uma exibição do estudo que o uso da vacina da doença 2019 do coronavirus de Pfizer-BioNTech's (COVID-19) parece ser seguro e eficaz entre pacientes com cancro.

“Ao nosso conhecimento, este estudo é o primeiro para caracterizar em perspectiva o estado serologic, imunogenicidade, e a segurança da vacina BNT162b2 em uma coorte dos pacientes com tumores contínuos que estão recebendo terapias anticancerosas activas,” escreve a equipe do terreno dos cuidados médicos de Rambam, a faculdade de Rappaport de medicina, e o centro Technion-Integrado do cancro, em Haifa.

Quando os perfis da eficácia e de segurança das vacinas COVID-19 forem demonstrados previamente em estudos da fase 3, a equipe diz que os pacientes com cancro não estiveram representados adequadamente nestas experimentações.

“Devido à recomendação dar a prioridade a populações de alto risco para a vacinação, uns dados mais adicionais são justificados,” diz Irit Ben-Aharon e colegas.

Como relatado na oncologia do JAMA, o estudo de coorte em perspectiva da equipe de mais de 230 pacientes que sofre de cancro encontrou que a administração da vacina de Pfizer-BioNTech's BNT162b2 pareceu ser segura e conseguiu níveis satisfatórios de anticorpos (seropositivity) contra o coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2) - o agente causal de COVID-19.

Embora houvesse uma retardação pronunciada na produção do anticorpo entre o grupo do cancro, comparado com entre os controles saudáveis, seroconversion ocorreu na maioria de pacientes que sofre de cancro que seguem a segunda dose e todos os eventos adversos relatados assemelharam-se àqueles relatados entre indivíduos saudáveis.

As pacientes que sofre de cancro podem ser em risco de um COVID-19 mais severo

Alguns estudos mostraram que os pacientes com cancro podem ser em risco de um COVID-19 mais severo, com cancro metastático, neoplasma malignos hematológicos, e câncer pulmonar relatado como os factores de risco principais.

Contudo, outros estudos relataram não tal risco adicional entre as pacientes que sofre de cancro, comparadas com a população geral.

As entidades regulares aprovaram a vacina BNT162b2 desenvolvida por Pfizer-BioNTech basearam em uma experimentação da fase 2/3 de mais de 43.500 participantes que receberam duas doses da vacina separada por um intervalo de 21 dias.

Contudo, “embora o cancro não fosse um critério da exclusão nas experimentações, o uso da terapia citotóxico ou os corticosteroide sistemáticos durante todo o estudo foram considerados como esta'n no estudo pioneiro,” diz Ben-Aharon e colegas.

A imunização em massa com BNT162b2 começou em Israel em janeiro de 2021

Em dezembro de 2020, a vacina era aprovada para o uso em Israel e um programa em massa da imunização foi iniciado o 10 de janeiro de 2021th. Os trabalhadores dos cuidados médicos e as populações de alto risco, incluindo pacientes com cancro, foram dados a prioridade como as primeiras na linha para a vacinação.

“Embora os dados do real-mundo em relação à eficácia vacinal estão emergindo descrevendo um resultado positivo na população geral, há um escassez de dados em relação à eficácia e segurança na população dos pacientes com cancro,” diga os pesquisadores.

Apesar desta falta dos dados, diversas organizações profissionais recomendaram a vacinação dos pacientes com cancro, com as directrizes que abrangem todas as populações de paciente que sofre de cancro, independentemente do tipo do tratamento, adicionam a equipe.

Que os pesquisadores fizeram?

Como em massa a vacinação de populações de alto risco foi lançada em Israel desde o 10 de janeiro de 2021th, nos pesquisadores registrados e continuou pacientes que sofre de cancro vacinadas durante suas visitas rotineiras à divisão da oncologia do terreno dos cuidados médicos de Rambam entre o 15 de janeiroth e o 14 de março de 2021th.

A coorte do estudo incluiu 232 pacientes com tumores contínuos que recebiam o tratamento activo que segue uma primeira ou segunda dose da vacina BNT162b2 e os 261 trabalhadores de idade comparável dos cuidados médicos que serviram como controles.

As amostras do soro foram recolhidas depois que cada dose vacinal e os questionários foram administrados em relação aos factores sociodemográficos e às reacções adversas.

Um ensaio agência-aprovado regulador foi usado para avaliar anticorpos de G da imunoglobulina (IgG) anti-SARS-CoV-2 nas amostras recolhidas antes da segunda dose (mais de 10 dias após a primeira dose) e nas amostras recolheu 14 dias após a segunda dose.

Que o estudo encontrou?

Dos 232 pacientes que recebem o tratamento contra o cancro, 132 eram os homens (57%) e a idade média era 66 anos (faixa etária 25 88).

Dos 261 participantes do controle, 118 eram os homens (45%) e a idade média era 59 anos (faixa etária 25 81).

A maioria dos pacientes (74%) estiveram com a doença metastática e os cancros os mais comuns eram gastrintestinais (27%), genitourinary (21%), o pulmão (19%), e o peito (18%).

Os protocolos de tratamento que estão sendo seguidos eram quimioterapia entre 58%, os agentes biológicos (35%), e a imunoterapia (36%), com alguns pacientes que recebem mais de um tipo do tratamento.

Após a primeira dose vacinal, 29% das pacientes que sofre de cancro eram seropositive, comparado com os 84% dos controles.

Contudo, o seroconversion ocorreu em umas taxas mais altas na coorte do cancro que segue a segunda dose, com a taxa 86% de alcance do seropositivity.

Os eventos adversos relatados por pacientes que sofre de cancro eram similares àqueles relatados previamente por indivíduos saudáveis.

Que os autores concluíram?

A equipe diz que a vacina BNT162b2 parece ser segura, com níveis satisfatórios de seropositivity nos pacientes que submetem-se ao tratamento para o cancro, embora a protecção possa ocorrer mais tarde, comparado com os indivíduos saudáveis.

Os pesquisadores igualmente dizem que os resultados implicam que uma intenção potencial diminuir uma segunda vacina por algumas jurisdições devido a uma falta das vacinas justifica a reavaliação de populações originais, tais como pacientes com cancro, em virtude da imunogenicidade do retardamento.

Journal reference:
Sally Robertson

Written by

Sally Robertson

Sally first developed an interest in medical communications when she took on the role of Journal Development Editor for BioMed Central (BMC), after having graduated with a degree in biomedical science from Greenwich University.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Robertson, Sally. (2021, July 11). Eficaz de Pfizer-BioNTech's COVID-19 e seguro vacinais para o uso entre pacientes que sofre de cancro. News-Medical. Retrieved on October 17, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20210711/Pfizer-BioNTeche28099s-COVID-19-vaccine-effective-and-safe-for-use-among-cancer-patients.aspx.

  • MLA

    Robertson, Sally. "Eficaz de Pfizer-BioNTech's COVID-19 e seguro vacinais para o uso entre pacientes que sofre de cancro". News-Medical. 17 October 2021. <https://www.news-medical.net/news/20210711/Pfizer-BioNTeche28099s-COVID-19-vaccine-effective-and-safe-for-use-among-cancer-patients.aspx>.

  • Chicago

    Robertson, Sally. "Eficaz de Pfizer-BioNTech's COVID-19 e seguro vacinais para o uso entre pacientes que sofre de cancro". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210711/Pfizer-BioNTeche28099s-COVID-19-vaccine-effective-and-safe-for-use-among-cancer-patients.aspx. (accessed October 17, 2021).

  • Harvard

    Robertson, Sally. 2021. Eficaz de Pfizer-BioNTech's COVID-19 e seguro vacinais para o uso entre pacientes que sofre de cancro. News-Medical, viewed 17 October 2021, https://www.news-medical.net/news/20210711/Pfizer-BioNTeche28099s-COVID-19-vaccine-effective-and-safe-for-use-among-cancer-patients.aspx.