Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Projecto da vacina do peptide para SARS-CoV-2

O coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2) causou uma saúde pública desafiante pandémica global inaudita e a condução a uma perda dramática de vidas humanas no mundo inteiro. Conseqüentemente, é crucial compreender que resumos de SARS-CoV-2-specific podem induzir uma resposta de célula T e oferecer a protecção a uma população larga projectar uma vacina contra o coronavirus novo.

Proteínas não-estruturais imunogenéticas como alvos potenciais para uma vacina SARS-CoV-2

Em um estudo recente, os pesquisadores dos E.U. identificaram duas proteínas não-estruturais imunogenéticas - PLpro e RdRp - das regiões immunodominant ORF1ab, ORF3a e ORF9b do gene como alvos potenciais para uma vacina contra SARS-CoV-2.

De “a proteína ORF3a, conhecida para a supressão da resposta imune inata, foi prevista igualmente para ter um número alto de resumos de célula T para um projecto vacinal eficaz.”

Os pesquisadores usaram diversas propriedades clínicas diferentes que incluem a alergenicidade, a antigenitura, a secreção de IFN-y, e a toxicidade a fim seleccionar resumos superiores para o projecto vacinal. Este estudo está actualmente disponível no server da pré-impressão do bioRxiv* ao esperar a revisão paritária.

Construções potenciais múltiplas da vacina que poderiam cobrir uma porcentagem alta da população de mundo

Sua análise dos resumos CD8 e CD4 de célula T mostrou a presença de construções vacinais potenciais múltiplas que cobrem uma elevada percentagem da população global. Identificaram oito imunogenéticos, não-alergénicos, antigénicos, estáveis, não-tóxicos, e IFN-y que induz as proteínas CD8 para nsp3, 11 para ORF3a, 4 para nsp12, e 3 para ORF9b. Estas proteínas são comuns através de quatro variações do interesse, a saber, B.1.1.7, P.1, B.1.351 e B.1.617.2, e protegem 98,12%, 87,08%, 96,07% e 63,8% da população global, respectivamente.

“Nós identificamos 5 imunogenéticos, antigénicos, não-alergénicos, não-tóxicos, estábulo e IFN-y que induzem resumos de nsp3 CD8 com pelo menos afinidade fraca a uns ou vários alelos do rato MHC, 4 para a proteína nsp12 e 6 para a proteína de ORF3a, toda comum ao VOC estudado.”

Igualmente identificaram os resumos de célula T variação-específicos que poderiam ajudar separada a visar cada tensão variante. Os resultados previram a afinidade do rato MHC para os resumos da parte superior CD8. Revelaram três imunogenéticos, antigénicos, não-tóxicos, não-alergénicos, estábulo e IFN-y que induzem os resumos CD8 que sobrepor com os 6 antigénicos, não-alergénico, estável, não-tóxico, e IFN-y que induz os resumos CD4 através das 4 variações do interesse, que podem ser usadas em estudos pré-clínicos.

CD4+ e activação de célula T e resposta de CD8+. A interacção entre moléculas de MHC e os receptors de célula T em pilhas de T provoca a activação as pilhas de T de CD4+ e de CD8+ que conduzem à produção da memória T e das pilhas de B. Cytokines e os grânulo citotóxicos são liberados em resposta a um estímulo. A figura foi criada com BioRender.com.
CD4+ e activação de célula T e resposta de CD8+. A interacção entre moléculas de MHC e os receptors de célula T (TCR) em pilhas de T provoca a activação as pilhas de T de CD4+ e de CD8+ que conduzem à produção da memória T e das pilhas de B. Cytokines e os grânulo citotóxicos são liberados em resposta a um estímulo. A figura foi criada com BioRender.com.

O estudo revela os peptides SARS-CoV-2 das proteínas do ORF e dos resumos de célula T múltiplos que podem ajudar a revelação SARS-CoV-2 vacinal peptide-baseada

Dado a falta de tratamentos antivirosos eficazes, há uma necessidade urgente para uma vacina eficaz contra várias tensões de SARS-CoV-2 e entre grupos étnicos diferentes ao redor do mundo. Este estudo derrama a luz em peptides previamente obscuros de SARS-CoV-2 HLA-I e de HLA-II das proteínas do ORF no genoma viral. Além, revela os resumos de célula T múltiplos que podem ajudar a revelação de vacinas peptide-baseadas contra SARS-CoV-2.

“Nós previmos os resumos CD4 e CD8 de célula T para duas proteínas não-estruturais, nsp3 e nsp12, assim como das proteínas de ORF3a e de ORF9b.”

A fim assegurar a eficácia da construção vacinal contra as mutações SARS-CoV-2 as mais comuns que circulam actualmente através do globo, as mutações de 4 linhagens das variações SARS-CoV-2 do interesse B.1.1.7, P.1, B.1.617.2, e B.1.351 foram recolhidos e analisados pelos pesquisadores.

O genoma completo de SARS-CoV-2. O 5
O genoma completo de SARS-CoV-2. O 5' extremidade consistem em uma grande região ORF1ab do gene e em suas proteínas não-estruturais (nsp1-16). O 3' extremidade comprometem as proteínas estruturais (nucleocapsid, membrana, envelope, ponto) e outras proteínas (ORF) do aberto-leitura-quadro. A figura foi criada com BioRender.com.

Revelaram 3 imunogenéticos, não-alergénicos, antigénicos, não-tóxicos, estábulo e IFN-y que induzem os resumos CD8 que têm uma afinidade aos alelos do rato MHC e estaram presente pelo menos em um não-alergénico antigénico, estável, não-tóxico, e IFN-y que induz o resumo CD4. Completamente têm a capacidade para induzir uma resposta imune robusta e para oferecer a protecção a 99,99% da população global, que sugere sua eficácia como uma construção vacinal do multi-resumo potencial.

A paisagem dos resumos SARS-CoV-2 de célula T identificados neste estudo pode ajudar a revelação SARS-CoV-2 vacinal e a pesquisa do futuro sobre vacinas resumo-baseadas do peptide.

“Estes resultados sugerem que um candidato vacinal do único multi-resumo seja eficaz contra linhagens actualmente de circulação.”

Observação *Important

o bioRxiv publica os relatórios científicos preliminares que par-não são revistos e, não devem conseqüentemente ser considerados como conclusivos, guia a prática clínica/comportamento saúde-relacionado, ou tratado como a informação estabelecida.

Journal reference:
Susha Cheriyedath

Written by

Susha Cheriyedath

Susha has a Bachelor of Science (B.Sc.) degree in Chemistry and Master of Science (M.Sc) degree in Biochemistry from the University of Calicut, India. She always had a keen interest in medical and health science. As part of her masters degree, she specialized in Biochemistry, with an emphasis on Microbiology, Physiology, Biotechnology, and Nutrition. In her spare time, she loves to cook up a storm in the kitchen with her super-messy baking experiments.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Cheriyedath, Susha. (2021, September 27). Projecto da vacina do peptide para SARS-CoV-2. News-Medical. Retrieved on December 07, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20210927/Design-of-peptide-vaccine-for-SARS-CoV-2.aspx.

  • MLA

    Cheriyedath, Susha. "Projecto da vacina do peptide para SARS-CoV-2". News-Medical. 07 December 2021. <https://www.news-medical.net/news/20210927/Design-of-peptide-vaccine-for-SARS-CoV-2.aspx>.

  • Chicago

    Cheriyedath, Susha. "Projecto da vacina do peptide para SARS-CoV-2". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210927/Design-of-peptide-vaccine-for-SARS-CoV-2.aspx. (accessed December 07, 2021).

  • Harvard

    Cheriyedath, Susha. 2021. Projecto da vacina do peptide para SARS-CoV-2. News-Medical, viewed 07 December 2021, https://www.news-medical.net/news/20210927/Design-of-peptide-vaccine-for-SARS-CoV-2.aspx.