Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

O colchicine limitado da evidência reduz a hospitalização relativa COVID-19

O Colchicine é uma droga de uso geral para tratar a gota. Mostrou-se para produzir um efeito inibitório em NLRP3 inflammasome. O jogo de Inflammasomes um papel em induzir a inflamação, e são activados na doença do coronavirus (COVID-19), com a severidade da doença que correlaciona com a extensão da activação.

Estudo: Colchicine para COVID-19 nos adultos na comunidade (PRINCÍPIO): uma experimentação randomised, controlada, adaptável da plataforma. Crédito de imagem: Fotografia Shutterstock de SonisEstudo: Colchicine para COVID-19 nos adultos na comunidade (PRINCÍPIO): uma experimentação randomised, controlada, adaptável da plataforma. Crédito de imagem: Fotografia Shutterstock de Sonis

Uns estudos mais adiantados sugeriram que o colchicine pudesse ser um tratamento eficaz para COVID-19. A grande experimentação da RECUPERAÇÃO mostrou que o colchicine não mostrou nenhum benefício significativo quando comparado ao cuidado usual. A experimentação controlada randomized COLCORONA foi terminada cedo, e nenhuma evidência clara foi obtida sobre o efeito do colchicine em hospitalizações ou na morte relativa COVID-19.

Uma outra experimentação revelou uma redução ligeira significativa na hospitalização e na morte relativas COVID-19. Os êmbolos pulmonars e os eventos laterais gastrintestinais eram mais altos no grupo colchicine-tratado, e o tempo à recuperação não foi avaliado nesta experimentação.

O ensaio clínico randomized presente publicado no server do medRxiv* tentou estudar se o colchicine acelerará eficazmente a recuperação e reduzirá hospitalizações ou a morte associada COVID-19 entre os povos na comunidade.

Uma versão da pré-impressão do estudo está disponível no server do medRxiv* quando o artigo se submeter à revisão paritária.

Projecto do estudo

O estudo foi conduzido remotamente nacionalmente no Reino Unido que envolve centros de atenção primária múltiplos com um local experimental principal. Os participantes randomized ao grupo usual do cuidado e a um cuidado usual com grupo do colchicine, que era o μg 500 administrado do colchicine diariamente para 14 dias e o cuidado usual junto com outras intervenções.

Os participantes tiveram que ser indispostos pelos dias ≤14 com sintomas COVID-19 suspeitados. Duas medidas preliminares do resultado foram escolhidas, tempo à primeira recuperação auto-relatada e à hospitalização relativa COVID-19 ou morte no prazo de 28 dias.

As medidas do resultado foram analisadas usando modelos Bayesian. O tempo ao valor-limite da recuperação é avaliado primeiramente. Se os resultados mostram que o colchicine tem um benefício estatìstica significativo neste valor-limite, a seguir a segunda medida preliminar do valor-limite de COVID-19 relacionou hospitalizações ou a morte é avaliada.

O critério da futilidade foi fixado igualmente baseado no tempo pré-especificado à primeira recuperação relatada como uma relação do perigo de 1,2 ou maior, que fosse considerada clìnica significativa (1,5 dias se beneficiam no braço tratado colchicine que supor uma estadia de nove dias à recuperação no grupo usual do cuidado).

Características do participante do estudo

Dos 4997 participantes randomized no PRINCÍPIO, 212 foram segregados ao grupo do colchicine, 2081 ao cuidado usual apenas. 86,5% de participantes elegíveis tiveram um resultado da análise SARS-CoV-2, de que 68,7% testaram o positivo.

Entre os participantes randomized ao colchicine e ao cuidado usual, a idade média dos participantes era 61 anos, 91,2% dos participantes era branca, 84,4% dos participantes estava sofrendo dos comorbidities.

Em seis vezes medianas dos dias do início do sintoma, os participantes randomized. As características da linha de base entre os grupos eram similares. 7% dos participantes no braço do colchicine e 10% daqueles no braço usual do cuidado tinha tomado os corticosteroide inalados que foram relatados no randomization ou durante a continuação.

Cem oitenta e quatro participantes no grupo do colchicine tinham fornecido a informação sobre sua utilização da medicamentação, e destes, 75% relatado colchicine de tomada no mínimo sete dias.

O Colchicine não mostrou nenhum benefício significativo nos resultados preliminares

Entre a população preliminar da análise que era o positivo SARS-CoV-2, o tempo mediano à primeira recuperação era 15 dias no grupo do colchicine e 14 dias no grupo usual do cuidado. Entre a população simultânea da análise do randomization, o tempo mediano à primeira recuperação era 15 dias no grupo tratado colchicine e 14 dias no grupo usual do cuidado. O modelo preliminar Bayesian da análise não mostrou nenhuma evidência do colchicine que melhora a tempo-à-primeiro-recuperação comparada ao cuidado usual. Uma falta do efeito clìnica significativo do tratamento foi considerada no randomization simultâneo e nos participantes totais do estudo.

O segundo valor-limite preliminar das hospitalizações relativas COVID-19/morte no colchicine e o grupo usual do cuidado foram avaliados. Entre a população preliminar positiva da análise SARS-CoV-2, o grupo do colchicine relatou que 3,8% de hospitalizações relativas COVID-19/morte 10,4% estiveram relatadas no grupo usual do cuidado, que é explicado pela taxa alta do evento na população preliminar da análise antes que o braço do colchicine estêve ligado.

O modelo preliminar Bayesian da análise não mostrou nenhuma diferença na hospitalização/mortes relativas COVID-19 no grupo do colchicine comparado ao grupo usual do cuidado. Encontrou-se que não havia nenhuma evidência clìnica significativa do benefício tornada pelo tratamento do colchicine em hospitalizações/morte devido a COVID-19 na população simultânea do randomization e na população total do estudo.

O Colchicine não mostrou nenhum benefício significativo nos resultados secundários

O randomization simultâneo e a população SARS-Cov-2 positiva elegível foram analisados para resultados secundários, incluindo o resultado binário para a recuperação sustentada adiantada, uma avaliação de 1-10 em como os pacientes sentem, de hora rubricar a recuperação do sintoma, de tempo à recuperação sustentada do sintoma, e de contacto com serviços do hospital.

Encontrou-se que o tratamento do colchicine não forneceu nenhum benefício significativo em alguns dos resultados secundários. As análises do subgrupo foram executadas igualmente, e mostrou que os factores gostam da duração dos sintomas antes do randomization, contagem da severidade da doença da linha de base, uso do corticosteroide porque um inhalant, uma idade, ou uns comorbidities não mostraram estatìstica a influência significativa no efeito do colchicine no tempo à primeira recuperação relatada.

O estado da vacinação dos participantes igualmente não influenciou o efeito do tratamento do colchicine nos resultados avaliados. as Secundário-análises do resultado relativo COVID-19 da hospitalização/morte não eram conduzido devido às baixas taxas do evento.

Resultados do ensaio clínico randomized

A análise do ensaio clínico randomized presente revela que nos pacientes COVID-19 com complicações, o colchicine não forneceu estatìstica a melhoria significativa a tempo à primeira recuperação comparada ao grupo que recebe o cuidado usual. Igualmente encontrou-se que não havia nenhuma diferença entre os grupos em medidas secundárias do resultado dos sintomas, o bem estar, a recuperação sustentada, ou o uso da recuperação dos cuidados médicos.

Enquanto o critério da futilidade foi conseguido no tempo à recuperação, o braço do tratamento do colchicine foi terminado mesmo antes que bastante dados estiveram obtidos nas hospitalizações COVID-19 ou na morte. A evidência do estudo mostra que o colchicine não pode ser usado como um tratamento para os sintomas COVID-19.

observação *Important

o medRxiv publica os relatórios científicos preliminares que par-não são revistos e, não devem conseqüentemente ser considerados como conclusivos, guia a prática clínica/comportamento saúde-relacionado, ou tratado como a informação estabelecida.

Journal reference:
  • Dorward, J. et al. (2021) "Colchicine for COVID-19 in adults in the community (PRINCIPLE): a randomised, controlled, adaptive platform trial". medRxiv. doi: 10.1101/2021.09.20.21263828.
Dr. Maheswari Rajasekaran

Written by

Dr. Maheswari Rajasekaran

Maheswari started her science career with an undergraduate degree in Pharmacy and later went on to complete a master’s degree in Biotechnology in India. She then pursued a Ph.D. at the University of Arkansas for Medical Sciences in the USA.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Rajasekara, Maheswari. (2021, September 27). O colchicine limitado da evidência reduz a hospitalização relativa COVID-19. News-Medical. Retrieved on November 28, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20210927/Limited-evidence-colchicine-reduces-COVID-19-related-hospitalisation.aspx.

  • MLA

    Rajasekara, Maheswari. "O colchicine limitado da evidência reduz a hospitalização relativa COVID-19". News-Medical. 28 November 2021. <https://www.news-medical.net/news/20210927/Limited-evidence-colchicine-reduces-COVID-19-related-hospitalisation.aspx>.

  • Chicago

    Rajasekara, Maheswari. "O colchicine limitado da evidência reduz a hospitalização relativa COVID-19". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20210927/Limited-evidence-colchicine-reduces-COVID-19-related-hospitalisation.aspx. (accessed November 28, 2021).

  • Harvard

    Rajasekara, Maheswari. 2021. O colchicine limitado da evidência reduz a hospitalização relativa COVID-19. News-Medical, viewed 28 November 2021, https://www.news-medical.net/news/20210927/Limited-evidence-colchicine-reduces-COVID-19-related-hospitalisation.aspx.