Bradycardia Causes

This cardiac arrhythmia can be underlain by several causes, which are best divided into cardiac and non-cardiac causes.

Non-cardiac causes are usually secondary, and can involve drug use or abuse; metabolic or endocrine issues, especially in the thyroid; an electrolyte imbalance; neurologic factors; autonomic reflexes; situational factors such as prolonged bed rest; and autoimmunity.

Cardiac causes include acute or chronic ischemic heart disease, vascular heart disease, valvular heart disease, or degenerative primary electrical disease.

Ultimately, the causes act by three mechanisms: depressed automaticity of the heart, conduction block, or escape pacemakers and rhythms.

There are generally two types of problems that result in bradycardias: disorders of the sinoatrial node (SA node), and disorders of the atrioventricular node (AV node).

With sinus node dysfunction (sometimes called sick sinus syndrome), there may be disordered automaticity or impaired conduction of the impulse from the sinus node into the surrounding atrial tissue (an "exit block").

It is difficult and sometimes impossible to assign a mechanism to any particular bradycardia, but the underlying mechanism is not clinically relevant to treatment, which is the same in both cases of sick sinus syndrome: a permanent pacemaker.

Atrioventricular conduction disturbances (aka: AV block; 1o AV block, 2o type I AV block, 2o type II AV block, 3o AV block) may result from impaired conduction in the AV node, or anywhere below it, such as in the Bundle of His.

Patients with bradycardia have likely acquired it, as opposed to having it congenitally.

Bradycardia is more common in older patients.

Further Reading


This article is licensed under the Creative Commons Attribution-ShareAlike License. It uses material from the Wikipedia article on "Bradycardia" All material adapted used from Wikipedia is available under the terms of the Creative Commons Attribution-ShareAlike License. Wikipedia® itself is a registered trademark of the Wikimedia Foundation, Inc.

Last Updated: Nov 5, 2013

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski
Comments
  1. David Teixeira David Teixeira Brazil says:

    Olá. Meu nome é David e tenho 29 anos. Tenho sentido dores nas duas pernas, como se fosse um problema de circulação. Estava apenas esperando uma oportunidade para marcar um médico, mas aconteceu o seguinte: Tive um dia normal e dormi cedo (~23h). 3h acordei com bastante dor nas pernas e com um mal estar estranho (difícil de descrever). Fui no computador pesquisar algo e 3 minutos depois quase perdi os sentidos. Sentado, quase bati na parede. Votei para cama e notei que minha pressão havia caído bastante. Estava gelado e sem força alguma. Isso durou por uns 20 minutos e depois comecei a melhorar até o ponto de me sentir seguro para dormir.

    No dia seguinte, fui no posto médico. Fiz exame de sangue, urina, 2x chapas no tórax e ECG. Todos os exames apontaram normal (dentro da faixa). Não fui medicado nem recebi nenhuma orientação direta, apenas que deveria consultar o cárdio, neuro e talvez angio.

    Estou postando aqui pois o médico comentou sobre bradicardia, já que meu ECG deu 48 bpm (ganho 10mm/mV, vel: 25 mm/s, filtro 35/60Hz). . Ainda não consegui marcar os médicos, mas estou bastante preocupado pois não melhorei desde o desmaio. Tenho que respirar um pouco mais forte de vez em quando, "sinto" o coração bater e hoje está fazendo uma semana do desmaio. O médico do dia preferiu abordar uma linha de "você está sedentário. Faça exercícios que tudo ficará bem", mas estou achando este diagnóstico muito otimista.

    Minha vida tem estado com muita pressão (mestrado, projetos paralelos, trabalho novo, chateações em geral) e acho que boa parte pode estar vindo de estresse ou estafa. Porém, isso é minha opinião de leigo.

    Não espero ter uma consulta online aqui, mas se puderem me dar um norte, ou algum sugestão paliativa de como "segurar" esses sintomas ou qualquer dica que achem útil, eu agradeceria muito.

    Obrigado pelo canal,
    David

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News-Medical.Net.
Post a new comment
Post